E o espírito Protestante continua..

As resoluções do Supremo Concílio da IPB esse ano deram um passo muito importante rumo ao avivamento e evolução do cristianismo protestante brasileiro.

A IPB declara publicamente agora a Igreja Universal do Reino de Deus e a Igreja Mundial do Poder de Deus como seitas, determinando que pessoas oriundas destas organizações sejam recebidas mediante rebatismo e profissão de fé.

Isso é uma decisão a ser comemorada por nós cristãos que ainda temos a Bíblia Sagrada como nossa regra de fé e prática, pois agora temos documentada numa denominação de referência do protestantismo brasileiro o nosso repúdio e nossa repulsa às doutrinas dessas seitas e também poderemos evoluir na recepção de pessoas oriundas dessas seitas, ensinando o verdadeiro Evangelho queé segundo as Escrituras e ministrando os sacramentos como mandam as Escrituras, não permitindo mais que práticas místicas que imitam nossos sacramentos, mas que, na verdade, são uma profanação dos mesmos, pois visam lucro financeiro e domínio sobre os membros dessas seitas e não a glória do Senhor Jesus.

Como membro de uma Igreja Batista filiada à Convenção Batista Brasileira (CBB), eu espero e oro para que a CBB siga também essa evolução que acontece na IPB e também declare nossa repulsa e reprovação cristã às práticas neo-pentecostais que são abominadas pelas Escrituras.

Deus abençoe.

Fontes:

http://www.ipgileade.org.br/portal/index.php?option=com_content&task=view&id=281&Itemid=2

Onde documenta:

Algumas decisões da Segunda Sessão Ordinária

– Determinar que ao ministro da IPB não lhe será permitido exercer seu pastorado em denominações neo-pentecostais, conforme o Art. 43 da

CI/IPB, por contrariar o prescrito no Art. 33 dos Princípios de Liturgia da IPB.

– O SC/IPB – 2010 RESOLVE: 1) com base no Relatório da Comissão Especial (CE-2007), determinada pela Resolução SC/IPB – 2006-006, enquadrar a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) como seita; 2) com base na resolução do SC/IPB – 2006-006, que reafirma a posição do SC/IPB – 1998-117 e no relatório especial CE-2007, determinar que os membros oriundos da IURD deverão ser aceitos mediante batismo e profissão de fé.

– declarar como seita a Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPD), em razão de suas práticas litúrgicas e doutrinárias, de acordo com a resolução SC/IPB – 2006-006,determinando que todos os membros da IMPD, ao serem recebidos pela IPB, o sejam mediante batismo e profissão de fé;

http://www.executivaipb.com.br/arquivos/IURD-2007.pdf

http://filosofiacalvinista.blogspot.com/2010/07/as-boas-noticias-do-supremo-concilio.html

Anúncios