Essa é minha opinião sobre o cristão ser um maçom. Tenho respeito aos leitores e amigos que são parte da ordem. Tenho parentes maçons e tudo o que sou profissionalmente eu devo a dois maçons que me treinaram e me preparam para o ambiente corporativo. Não tenho a mentalidade de que maçonaria é satanismo e blá blá blá.. Mesmo se fosse, satanista é tão necessitado de arrependimento como eu ou qualquer outra pessoa. Não há “castas inferiores” na humanidade, segundo a visão do cristianismo, pelo menos não deveria haver..

O problema com a maçonaria está no que lendo a Bíblia e conhecendo a maçonaria pelo que conheço, estando mais firme ainda nessa visão com os maçons queridos que tenho próximo a mim, vejo que a ordem é idólatra. Não há na Bíblia o título de “Grande Arquiteto do Universo”, nem sequer uma autorização a se orar a outro nome que não o nome do Senhor. Sendo assim, não oramos usando o nome “Trindade” para nos referirmos a Deus, por exemplo, pois não é um título bíblico para o Senhor, por isso não temos autorização de orar a Ele usando esse nome.

A Bíblia diz:

Porque não te inclinarás diante de outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; é um Deus zeloso. Êxodo 34:14

.. zelarei pelo meu santo nome. Ezequiel 39:25

Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei.. Isaías 42:8

Por amor de mim, por amor de mim o farei, porque, como seria profanado o meu nome? E a minha glória não a darei a outrem. Isaías 48:11

Apesar de lógico o atributo de “Grande Arquiteto do Universo”, não há autorização divina, se cremos que a Bíblia é a suficiente Palavra de Deus, para usar esse “título” ao nosso Senhor.

Sabendo disso, de que o Senhor não divide sua glória com ninguém e zela pelo seu Santo nome, como posso compactuar e orar a uma invenção humana chama “Grande Arquiteto Do Universo”? Como posso orar ao que creio ser Jeová, se o que está ao meu lado crê que esse mesmo deus é Brahma ou outra divindade? Como posso me compactuar com uma ordem que chama a Deus de Jabulon como sendo nome de Deus, que é, na verdade, uma mistura de nomes de divindades, sendo que isso se caracteriza visivilmente como idolatria? Isso é contra os pilares básicos da fé protestante como Solus Christus e Soli Deo Gloria. Não há compatibilidade entre a fé reformada e a maçonaria.

Sei que o Senhor usou maçons na história do evangelicalismo brasileiro e mundial, inclusive muitos reformados, mas não posso apoiar esse erro deles porque eles foram usados por Deus. Se assim fosse, eu poderia ser assassino como Davi, Moisés, ou Calvino (aprovou a morte indevida de Serveto, o que a Bíblia fala que é homicídio – 1 João 3:15)); covarde como Pedro; impulsivo como Paulo; polígamo como Salomão; anti-semita como Lutero, fumante como Spurgeon, liberal como Billy Graham e cometer outros erros de pessoas grandemente usadas por Deus.. Acho que temos que acertar onde eles falharam, como humanos que eram, e não cometer os mesmos erros..

Você que é maçom e se considera um cristão, te convido a refletir sobre essas coisas e por em cheque a sua fidelidade para com Deus. Se você perceber que é incompatível o seu título de “embaixador de Cristo na Terra” com o título de “maçom”, te aconselho a escrever uma gentil carta de desligamento, agradecendo por todas as coisas boas que viveu na ordem, e viva sua fidelidade total ao Senhor, pois, como você já deve saber, Deus não se interessa por fidelidade parcial.

Você que foi convidado a ser maçom, ou busca esse convite, pense no que estou dizendo aqui e volte atrás nessa decisão. O Senhor é fiel. Vai valer a pena.

Se você ainda assim quiser permanecer na ordem, não estou aqui numa “caça às bruxas”. Respeito sua decisão. Estou apenas falando de uma incompatibilidade religiosa entre cristianismo e maçonaria. Que o Senhor te abençoe com suas ricas bênçãos.

Anúncios