Clive Staples, mais conhecido como C.S. Lewis, um escritor britânico famoso do século 20, escreveu as famosas Crônicas de Nárnia. Você deve ter lido esses livros [ou visto o filme]. Eles descrevem as aventuras de Peter, Edmund, Susan e Lucy, que descobriu um guarda-roupa mágico que os levou para a terra de Narnia. Lewis também é autor de uma série de romances de ficção científica sobre um planeta distante chamado Perelandra. Em seguida, ele criou uma famosa troca de cartas entre dois demônios chamados “Fitafuso” e “Vermébile” em seu livro “Cartas de um Diabo a seu Aprendiz” (ou “Cartas do Inferno, em português, em versões antigas).

Um dos livros mais influentes de Lewis é Cristianismo Puro e Simples. Nesse livro, ele tinha uma série de coisas a dizer sobre o fair play [expressão em inglês para “jogo limpo”]. Ele escreveu:

Todo mundo já ouviu as pessoas brigando. Às vezes soa engraçado e às vezes soa apenas bem desagradável; pareça o que for, acredito que podemos aprender algo muito importante se ouvirmos o tipo de coisas que as pessoas dizem. Elas dizem coisas assim: “Você gostaria que alguém fizesse o mesmo com você?” – “Esse é meu lugar, eu estava aí primeiro” – “Deixa pra lá, ele não está fazendo mal a ninguém” – ” Por que você tem que tomar banho primeiro? “-” Me dá um pouco da sua laranja, e eu dou um pouco d minha “-” Vamos lá, você prometeu “. As pessoas dizem coisas assim todos os dias, tanto pessoas educadas, como sem instrução, tanto crianças como adultos.

Agora o que me interessa sobre todas estas observações é que ser humano faz isso não simplesmente  para dizer que náo gosta  da atitude do outro. Isso é um apelo para algum tipo de padrão/regra de comportamento que ele espera que o outro homem saiba também …. Realmente, ao que parece, ambas as partes têm em mente algum tipo de lei ou regra [do jogo limpo], do fair play ou comportamento digno ou moral, ou como se queira chamar isso, sobre o qual eles realmente estão de acordo. E eles estão. Se não estivessem, eles poderiam, é claro, lutar como animais, mas eles não podiam brigar como seres humanos racionais. “Disputa” significa um tentando mostrar que o outro está errado. E não haveria nenhum sentido em tentar fazer isso a menos que você e ele tinha algum tipo de acordo sobre o que é realmente certo e errado . . .

Ao que parece, então, somos forçados a acreditar em um certo e errado. As pessoas podem às vezes ficar confundidas com isso, assim como as pessoas às vezes [na matemática] fazem somas erradas, mas as [operações matemáticas] não são uma mera questão de gosto e opinião, assim como uma conta de multiplicação [por exemplo] [C. S. Lewis, Cristianismo Puro e Simples (New York: Macmillan Publishing Company, 1943, 1945, 1952), pp 3-4, 6].

Oremos: “Eu gostaria de ser tratado de forma justa, Deus. Ajude-me a tratar os outros desta forma também esta semana..”

Fonte: Josh McDowell’s Youth Devotions (extraído de YouVersion Bible app para iOS/Android)

Traduzido por Thiago Surian. Trechos entre colchetes [ ] adicionados pelo tradutor.

Anúncios