Ultimamente o governo brasileiro tem se esforçado para levar educação sexual nas escolas públicas. Eu tenho uma posição contrária a essa política, então muitos já de pronto questionam “então quem vai ensinar as crianças como se comportarem quando estiverem sexualmente ativas”? E afirmam: A sociedade não está preparada para educar as crianças e adolescentes na vida sexual, e a Igreja, que poderia fazer esse papel, não tem educação sexual também.

Bom, eu acho que se fala até demais sobre sexo nas igrejas e nos foruns cristãos, será que não dá para aprender alguma coisa isso? Mas meu ponto não é esse. Minha opinão sobre educação sexual entre cristãos é missão dos pais, da família.

Ao meu ver, esse sistema de “Educação” que os governos (independente de partidos) tem como objetivo viabilizar a produção. Você “alivia” o papel educacional dos pais, para que eles possam passar mais tempo trabalhando e produzindo para a elite que comanda esse país, enquanto a escola dá a “educação” que segue uma cartilha escrita pela própria elite, que gosta de pecar, gosta de atitudes aberrantes, uma sexualidade anômala, segundo os padrões que Deus nos deu, e ultrapassar os limites que nosso Criador deu para nós. Essa elite secular (econômica, intelectual, religiosa, whatever) tem realmente bons valores para passar para nós cristãos? Você realmente acredita nisso? Essa mesma elite domina as mídias no nosso país e você, ao ligar sua TV na Globo, na Record, na Band, na Rede TV; 0u acessar o UOL, o IG; ou ler a Folha de São Paulo, ou o jornal de sua cidade; você realmente vê bons valores na área sexual transmitidos por essa elite que hoje quer impor sua cartilha sexual para nós e nossos filhos? Essa mesma elite também domina as rádios, as grandes gravadoras, os grandes eventos.. Você vê mesmo bons valores sendo transmitidos nas rádios, nos clipes de músicas, nos grandes eventos, como o Carnaval, festas de peão, etc? Será que são esses valores mesmos que você quer que nossas crianças tenham nas escolas?
Segundo a Bíblia, a responsabilidade diante de Deus da criação das crianças é dos pais!! Provérbios 4:23; 20:11/Prov. 22:6

Para os pais cristãos, vai ser um desafio ter que “deseducar” tudo que o filho aprende na escola (que com certeza não serão os valores do reino) e ensinar a verdade bíblica. Creio que o sistema de “educação” no Brasil é uma tragédia. Não tem competência para ensinar nem a nossa língua madre, o português (é só dar uma olhada nos foruns aqui mesmo na Kairos que se vê que um número importante de gente não sabe nem o português), mas quer ter competência (e provavelmente tem) para ensinar a transar de todas as formas, incentivar a homossexualidade (já que tudo hoje em dia gira em torno disso) e preparar essas coisas que não deveriam ser prioridade do governo, aliás, nem deveriam ser parte da cartilha educacional governamental, mas algo dado pelos pais.

O pior é que a gente vê na TV, nas ruas e na internet que os pais não ensinam nada sobre sexo aos seus filhos e por isso hoje vale tudo, só não vale fazer a coisa certa..

A Igreja não tem obrigação de ensinar educação sexual. Esse não é o papel dela. Isso é algo que os pais devem ensinar. No culto, Cristo deve ser o centro, não o sexo. Os irmãos, o pastor, os professores de EBD, eles podem ser um “tira-dúvidas”, um amigo, um conselheiro, mas não um professor. Esse ensino deve ser feito em casa.

Se não há essa conversa em casa, a criança vai aprender na escola, na TV, na internet, e quando for confrontada na Igreja sobre seu pecado sexual, não vai saber para onde correr, como já acontece hoje, porque não tem essa base em casa.

Na Bíblia fala sobre nossos limites, e ultrapassar esses limites, como o adultério, a pedofilia, a homossexualidade, é pecado. É isso que vamos ouvir na Igreja, mas a Igreja não é lugar para falr sobre “onde fica o ponto G”, “como levar sua/seu paraceira/o à loucura”, “dicas de roupa que se pode usar atiçar o maridão/esposa”. Isso não é papel da Igreja, nem da Escola, essa conversa pode acontecer em casa, mas os pais negligenciam isso, então a molecada vai aprender na MTV, na Globo, na Record (pseudo-cristã), no CQC, no Pânico, nos comerciais de lingerie ou cerveja, ou no redtube, hahah.. Só que essa “educação” não mostra os alores do reino, como fidelidade, lealdade, respeito, mostra o “prazer acima de tudo” e dane-se o/ parceiro/a.

Creio que podemos conversar entre amigos, na intimidade, e nos ajudarmos mutuamente como cristãos, mas o ideal seria termos isso em casa.. Mas eu sei que essa não é a realidade. Que nós façamos melhor quando tivermos chance..

Bom essa é minha opinião, você pode acrescentar abaixo a sua e me enriquecer sobre o assunto. É só comentar.

Deus abençoe.

Para quem quiser se aprofundar mais sobre a questão dos papéis dos pais e filhos podem clicar aqui nessa frase que redirecionaremos você para um estudo muito bom, para que você possa filtrar e extrair o que for útil para o seu dia a dia. Deus abençoe.

Anúncios