Quando forem estudar a Bíblia e entrarem em fóruns, ou tiverem conversas pessoais com seus amigos sobre questões bíblicas, não caiam no erro de dizer “Ah, mas foi aquela época, essa passagem, hoje é diferente e isso não vale mais”.. Deus não muda. Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente. A Trindade não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa. Tire esse argumento e pensamento de sua cabeça.

É claro que entender a cultura da época é bom e, muitas vezes, fundamental para se entender o sentido de alguma passagem mais difícil da Bíblia, pois há sim pontos mais difíceis de entender (2 Pedro 3:16), mas não é nossa dificuldade de interpretar, ou de aceitar algum mandamento ou passagem da Bíblia que torna inválida essa passagem e/ou mandamento. Mesmo contrariados e desgostando do que Deus diz, temos que obedecer, ou pelo menos tentar obedecer (afinal, somos pecadores e vamos falhar em muitas coisas, mas não podemos desistir), mas não invalide aquilo que Deus validou em Suas Escrituras. Tenha como inválido aquilo que Deus diz em Suas Escrituras que já passou e está inválido e respeite aquilo que Ele validou ao inspirar seus santos a escrever nas Escrituras..

Se você encontrar algo difícil demais para entender ou aceitar nas Escrituras, diga apenas “Não sei”, ou “não tenho certeza, vou me informar melhor”, mas não blasfeme a Palavra de Deus..

Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. – 2 Pedro 1:20

E disse-me o SENHOR: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la. – Jeremias 1:12

O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. – Mateus 24:35

Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. – João 7:38

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; – 2 Tim 3:16

Anúncios