Estou compilando aqui algumas citações de Martinho Lutero e de teólogos luteranos, para que possa edificar quem lê meu blog, e também a mim mesmo, já que minha memória é quase a de um portador de Alzheimer e esqueço de quase tudo que leio, então vai ser bom para mim também compilar aqui essas citações com as quais me identifiquei, como fonte de leitura futura. Vou editando este post conforme vou lendo ou traduzindo alguma coisa que achar que vale a pena postar por aqui.

Esclarecendo que não considero Martinho Lutero um santo, nem infalível, nem fecho meus olhos ao que ele escreveu de errado sobre os judeus, contra a liberdade religiosa deles (Lutero não era um anti-semita, não era contra a etnia judaica, pois existiam muitos judeus luteranos em sua época). O protestantismo em geral é contra a teologia judaica, cremos no Messias e na salvação somente através deste Messias, Jesus, não através de uma etnia, ou cumprimento da Torah e do Talmud, mas reconheço que Lutero exagerou na sua desaprovação ao pensamento judeu, ao condenar os religiosos judeus com agressividade de palavras, mas os luteranos não levaram em conta esta agressividade, ignoraram este exagero e os judeus são respeitados pelos luteranos em seu direito de liberdade religiosa, tanto é que existem igrejas luteranas em Israel, que atendem judeus, árabes e palestinos, para que venham conhecer o Salvador. Como a Bíblia diz, o tesouro de Deus é guardado em vasos frágeis de barro. Martinho Lutero foi um deles. Convido você a conhecer, direto da fonte, ou seja, dos escritos dele e de teólogos luteranos, o que pensava Lutero e concordam muitos luteranos (ninguém é obrigado a concordar com tudo de Lutero, no luteranismo), ao invés de ler/ouvir de conspiracionistas, caluniadores, paranóicos e manipuladores de informações (mentirosos) da internet.

Deus abençoe.

Lutero e a santificação, processo onde faz parte se reunir numa congregação santa, ou seja, na Igreja..

Até o último dia, o Espírito Santo habita na Santa Congregação, pelos meios que ele nos busca para Cristo e pelos quais ele emprega o ensino e a pregação da Palagra aonde Ele trabalh e promove a santificação, causando o crescimento diário e fortalecendo a fé e os frutos que Ele produz. – Martinho Lutero (Retirada do meu ebook “The Essential Works of Martin Luther – By Charles River Editors, via Kindle)

Últimas palavras de Lutero:

Nós somos mendigos. Esta é a verdade.

Frases de Humor de Lutero:

O homem tem que elogiar a mulher sempre.. Esteja ele falando a verdade ou não..
– Martinho Lutero

Quem não consegue dominar o gasto com moedas, não vai conseguir dominar o gasto com um cartão de crédito.
– contextualização de uma frase de Maritnho Lutero (Who does not honor a penny shall not become master of any florins.)

Se Deus não tem senso de humor, não quero ir para o Céu.
– Martinho Lutero.

Lutero e a essencial separação entre Igreja e Estado:

Visto que todo mundo é mau e entre mil é difícil encontrar um único verdadeiro cristão, um devoraria o outro, de maneira que ninguém estaria em condições de ter mulher e filhos, trabalhar pelo sustento e servir a Deus, o mundo seria devastado.
Por isso Deus instituiu os dois domínios, o espiritual que cria cristãos e pessoas justas através do Espírito Santo, e o temporal que combate maus, para que mantenham paz externa e tenham que ser contidos contra a sua vontade.
– Martinho Lutero

Não cabe ao (cristão) elevar-se acima do poder secular se não em funções espirituais como pregar e absorver.
-Martinho Lutero

“Ao mal não se deve resistir, mas tolerá-lo. No entanto, não se deve aprová-lo nem colaborar com ele ou seguir e obedecer-lhe se quer com um passo ou com um dedo”.
– Martinho Lutero

Lutero e a música Secular:

“Este dom precioso [da música] foi agraciado para os homens só para lembrá-los de que eles são criados para louvar e glorificar o Senhor. Mas quando a música natural (secular) é afiada e polida pela arte, em seguida, um começa a ver com espanto a grande sabedoria e perfeita vontade de Deus em sua maravilhosa obra de música, onde uma voz assume uma peça simples e em torno dela cantam três, quatro ou cinco outras vozes, pulando, pulando em redor, maravilhosamente enfeitando a parte simples, como uma dança folclórica no céu com laços amigáveis, abraços e fraterno balançando de parceiros de dança. Quem não encontrar nisto um milagre inefável do Senhor é verdadeiramente um torrão de terra.”

– Martinho Lutero. (Anton, Karl, Luther und die Musik (Zwickau, 1928) pp 50–53 [W.E. Buszin]).

Lutero e a importância de se estar numa igreja:

Fora desta Igreja Cristã, onde não é pregado o Evangelho, também não pode haver santificação. Portanto todo aquele que deseja alcançar a santificação por seus próprios méritos, não pelo Evangelho e pelo perdão dos pecados, mas por suas próprias obras, tem se colocado para fora desta Igreja.

– Martinho Lutero ( Essential Works of Martin Luther)

.

Martinho Lutero contra a opressão com a desculpa de “Lei de Deus”.

Eu não posso aguentar o fardo de leis baseadas em interpretações da Palavra de Deus, já que a Palavra de Deus, que ensina a Liberdade acima de todas as coisas, diz para que eu não me deixe dominar..

– Martim Luther (Concerning Christian Liberty)

Lutero e a Predestinação.

“Eu esqueço tudo sobre Cristo e Deus quando eu me encontro nestes pensamentos e de fato chego ao ponto de imaginar que Deus é um velhaco. Nós devemos ficar no mundo, no qual Deus é revelado para nós e a salvação é oferecida, se nós cremos nele. Mas ao pensar sobre predestinação, nós esquecemos de Deus… Contudo, em Cristo estão escondidos todos os tesouros (Cl 2:3); fora dele tudo está trancado. Então, nós deveríamos simplesmente recusar discutir sobre a eleição. Tal disputa é tão irritante para Deus que ele instruiu o Batismo, a Palavra dita, e a Ceia do Senhor para agir contra a tentação de se engajar nisto. Nestes, devemos persistir e constantemente dizer, eu sou batizado e acredito em Jesus. Eu não me importo nem um pouco sobre a predestinação.”
– Martinho Lutero (Fonte: Don Matzat)

 

Lutero e a Separação entre Lei e Evangelho

“Fazer essa diferenciação entre Lei e Evangelho é a arte suprema no cristianismo, que todos os que se gloriam ou adotam o nome ‘cristão’ deveriam saber e dominar”

 

Bonhoeffer e a oração

“É muito mais fácil para mim imaginar um assassino orando, uma prostituta orando, do que uma pessoa vaidosa (cheia de si) em oração. Nada está tão em desacordo com a oração do que a vaidade.”

Lutero e a Razão

“A razão se escandaliza com a cruz, mas a fé a abraça com alegria”

Continua..

Anúncios