porcelana chorando
As lagrimas novamente umedecem minhas bochechas
Aos seus joelhos eu fico firme
ó misericordioso
Mostre-me a sua Glória
Não estava eu machucado ?
Você não me curou?
Eles dançam em silêncio
Mais sua musica eu escuto
Santo Deus, imensurável Deus
Lagrimas escorrem
Mas a água é doce
Santo Deus, imensurável Deus
Eu caio como um morto
Com lábios tremendo
Abençoado seja, Pai e amigo
Todo o céu ajoelha
Em admiração
De imensurável profundezas
Imensurável altura
Grandiosa é a sua Santidade

 

Vídeo desta música da banda gótica Virgin Black:

Anúncios